Paranerdia 32: Mãezinha Querida

Saudações maternais queridos ouvintes!

Para começar os festejos do aniversário do Paranerdia, trago até vocês minha singela homenagem ao Dia das Mães[bb]. Convidei meus amigos Fábio Ayçar, o Fat Frog do Pó de Cash e Renan “Zaider” Miura e Artur “Senhor B” do Lagcast para contarmos as mais engraçadas histórias envolvendo nossas santas mãezinhas!

Saiba neste cast:

  • Qual participante ainda mora com a mãe
  • Qual participante teve a mãe fugindo de casa
  • Qual participante é a “Raspa do Tacho” da família
  • Como demonstrar carinho sem usar palavras de carinho

Essas e muitas outras loucuras neste excelente episódio do Paranerdia!

Dúvidas? Sugestões? Paradoxos?
Mande-nos um e-mail para paranerdia@paranerdia.com.br

Trilha sonora deste cast:

  • Os Seminovos – Luke, eu sou seu Pai (tema oficial da leitura de e-mails)
  • Falcão – Ai, Minha Mãe, Minha Mãe
  • Angela Maria e Agnaldo Timóteo – Mamãe
  • Vivaldi – As Quatro Estações: Primavera
  • Bach – Toccata and Fugue in D minor
  • Beethoven – Für Elise
  • Beethoven – 5ª Sinfonia
  • Mozart – Piano Concerto n° 21

Links Relacionados:
Momento Merchandesign:

Comentados nos E-mails:

Comentados no Cast:

Vida Longa e Próspera

Reproduzir
Arquivo compactado(ZIP): Download

18 Responsesto “Paranerdia 32: Mãezinha Querida”

  1. Apollo Creed disse:

    Excelente! Vou ouvir o mais rápido possível, e mandarei e-mail SEM FALTA desta vez!

    Abraço ao Nerd e convidados e mais um excelente tema para o Paranérdia, que só vêm crescendo a cada dia!

    Valeu pela Força!!!

  2. Zaider disse:

    Eba esse podcast foi demais gravar.

    Mas então, só eu ou todo mundo notou alguns furos no que o Nerdmaster falou logo no começo do cast?

  3. Artur Antunes disse:

    Caramba, primeira vez que ouço o paranerdia e achei bem interessante, muito bom mesmo.

    Minha mãe segue o padrão, cobra demais, me trata como criança as vezes, não entende nada de informática, etc, mas mãe é mãe e a gente sente saudade.

    Ela me trata tanto como criança que queria pentear meu cabelo todo dia antes de ir na faculdade e as vezes conseguia, chegava de mansinho enquanto eu estava no computador e começava a pentear.

    Ela é professora de educação fisica aposentada recentemente, então não precisa dizer que ela tem um problema comigo por eu ser um zero a esquerda em esporte e ainda ser barrigudo (peso 85 kilos e tenho 1,83 metros de altura). Vive sempre me perguntando se eu não estou comendo porcaria e me leva ao médico para ver índice de gordura, colesterol e outras coisas.

    Minha mãe é mega ansiosa e preocupada, por isso tanto meu pai como meu irmão vivem falando para eu contar para ela só 10% das coisas ruins que acontecem comigo, senão ela não dorme a noite. Não precisa dizer que ela pede para eu fazer algo tantas vezes que for necessário para eu fazer, mesmo não morando mais comigo e olha que eu sou preguiçoso, mas ela tem mais perseverança. Sempre foi assim e sempre será.

    Como eu não era muito social, ela fica contente por qualquer coisa nesse sentido que eu faça. Um tempo atrás, quando eu morava em Belo Horizonte, ela me ligou e perguntou "Por que você nunca me disse que tem um programa de rádio pela internet?" e achou muito maneiro essa interação social de conhecer pessoas pela internet. Ela sabe que eu entendo muito mais de computador do que ela então, ela não acha que é perigoso ou algo assim. Acho que ela nunca ouvi o cast, só meu pai e meu irmão ouviram, mas um dia que a gente fizer uma viagem, eu passo o podcast para ela.

    Se for para falar um mico que minha mãe me fez pagar foi quando ela veio me visitar pela ultima vez e na hora que ela estava indo embora, eu fiquei com os olhos lagrimejados. Não disfarcei até o ultimo segundo, quando eu abracei ela e ela ia entrar no carro, ela parou um momento e disse "Você tá chorando?" e meu irmão respondeu "esse tipo de coisa não se pergunta".

  4. Erika_Schmeiske disse:

    Divertidíssimo podcast!!!! Excelentes convidados com histórias às vezes inacreditáveis.
    Às todas as santas mães desses colecionadores loucos, Feliz Dia das Mães!!!

  5. Drugue disse:

    Ééééé, nossas mães tem esse incrível hábito de conseguir ser aos mesmo tempo as criaturas mais doces e irritantes da face da terra. Eu amo minha mãe, devo tudo a ela, mas quando o assunto é me fazer pagar altos micos ela sempre se mostra presente.rs
    O podcast ficou excelente, muito divertido.
    E só pra ser do contra..
    Que a força esteja com você!

    • NerdMaster disse:

      Valeu pelo comentário Drugue!

      E por que "ser do contra"? Que a Força também esteja com você querido comentador de estimação!

      Vida Longa e Próspera

  6. Elmira disse:

    Ouvi o episódio feito para nós, as mães de vcs. e…… adorei.
    Sou mãe do Fat Frog, (que carma heim!!!???. É preciso ter muita carma, né!!!???)
    Ri muito porque vi muito de mim nas outras mães citadas.
    De vez em quando dou uma navegada em alguns podcasts e gosto do geito descontraído como são conduzidos.
    Parabéns "crianças" e que Deus os abençoe!
    Elmira

  7. Nerdanderthal disse:

    Alexandre devia ser O Nerd Mother. Só festeja aniversário junto com o dias das mães.
    Obrigado pela menção honrosa no começo do cast por vc e pelo FatFrog.
    Adorável cast sobre a mais sublime figura do reino animal: a mãe.
    Sempre protetora e preocupada, a minha, por exemplo, sempre continua com as mesmas manias de há 50 anos atrás: "Olha aí vc sem camisa com esse vento nas costas" "Vai chegar tarde hoje" "Já almoçou na rua? Comeu bobagem né? Olha seu estômago"
    E agora, tem novidade na minha vida podcastal. Às vezes ela abre a porta do meu quarto, olha pra minha cara com o headphone e diz: "Já está você com esse troço no ouvido rindo que nem um retardado. Eu heim"
    Ahahaha…..
    Dona Nêlsa, Veinha guerreira que criou 2 filhos com muita dificuldade em uma caverna escura e fria no alto da Tijuca, nos protejendo a vida toda de "dinossauros" da vida real, nos dando muito carinho e educação.
    Te amo e que você continue com muita saúde para continuarmos vivendo juntos por muitos anos ainda.

  8. DruidaLucas disse:

    Muito bom o episódio. Mas precisei baixá-lo por aqui no site, porque pelo iTunes o som estava muito cortado.

    Bastante divertido e descontraído. Parabéns!

  9. Salve, nerdaiada.

    Bacana saber que as mães estão cada vez mais "modernas" e ligadas na net. O exemplo da d. Elmira é muito bacana para ilustrar isso.

    Abração

Leave a Reply

'