Paranerdia 39: Paizinho Querido

Vitrine do ep. 39 de PAranerdia

Saudações paternais queridos ouvintes!

Tal como no episódio 32: Mãezinha Querida hoje eu faço uma homenagem ao Dia dos Pais[bb]. Eu e meus convidados Nelson “Nerdanderthal”, Boris Deprê do Aspirante Profissional e Pastor Claybom do MargarinaNerd contamos nossas melhores histórias sobre nossos pais e nossas como pais!

Descubra neste cast:

  • Qual dos participantes foi embebedado aos 9 anos?
  • Qual é a diferença entre “forte” e “gordo”?
  • Os nomes dos 12 filhos do avô de Boris Deprê.
  • O quão velho é o “Nerdanderthal”?

Vá até o player ao final desse post e divirtasse com as participações de Artur, o filho do NERDMASTER!

Dúvidas? Sugestões? Paradoxos?
Mande-nos um e-mail para paranerdia@paranerdia.com.br

Trilha sonora deste cast:

  • Os Seminovos – Luke, eu sou seu Pai (tema oficial da leitura de e-mails)
  • Ágata – Meu Pai Querido
  • Chico Buarque de Holanda – Cálice (sugestão de @LF_doc)
  • Cristina Mel – Meu Pai, Meu amigo
  • Fábio Jr. – Pai (sugestão de @LF_doc)
  • Hillsong United – All I Need is You (sugestão de @pimpmal)
  • James Brown – I Feel Good (sugestão de @lincolnferd)
  • MC Duzin – Pai Herói
  • Ricardo & Friends – I Love You Daddy (a música favorita do Nerdanderthal)
  • Roberto Carlos – Meu Querido, Meu Velho, Meu Amigo
  • Roberto Carlos – Por isso eu corro demais (sugestão da @Lucifred)

Links Relacionados:
Momento Merchandesign:

Comentados nos E-mails:

Comentados no Cast:

Vida Longa e Próspera

Reproduzir
Arquivo compactado (.zip): Download

38 Responsesto “Paranerdia 39: Paizinho Querido”

  1. Caramba, ainda estou ouvindo, mas a seção de TROLL no Boris Deprê foi DImais! kkkkkkkk

  2. PRONTO! TERMINEI!

    Me perdoem o DOUBLE-POST, coisa de comentarista inexperiente! Um dia terei os conhecimentos do querido Nerdanderthal.

    História rapidinha, passei o dia dos pais no exercício do ofício. Meu filho, Alezinho, está com uma doença viral e isso o deixou muito abatido. Não deu para assistir à comemoração que ele preparou na escola.

    De qualquer forma, não trocaria nem um minuto que passei cuidando dele no dia de ontem pela companhia de outra pessoa.

    O Alezinho tem 3 anos e tenho uma filha, a Ana Júlia de 7 meses também. São o motivo da minha existência.

    Pra mim, ser pai é caminhar em uma estrada de noite sem luz alguma, afinal, só saberemos se educamos nossos filhos da forma correta quando já estiverem crescidos.

    Concordo muito com o que foi dito: Cada um é o melhor pai que pode ser.

    Abraços e parabéns pelo cast e para cada pai que foi citado.

    • Nerdanderthal disse:

      Oi, Alessandro
      Obrigado pelas palavras carinhosas e espero que o Alezinho já esteja firme e forte
      Um grande abraço!!

    • NerdMaster disse:

      Aê Alessandro!! Isso é um ótimo exemplo de Pai!!!
      PArabéns pelos lindos filhotes e espero que o Alezinho (Alessandro Jr.??) já esteja aprontando muito pela casa!

      Vida Longa e Próspera

      • aLx disse:

        Pessoal, só pra dar um feedback, o Alezinho já está ótimo… depois de exames bem chatos (como retirada de Liquor) as piores doenças como Meningite e até mesmo a possibilidade de uma Apendicite foram descartadas.

        Ficou em observação e teve uma diarrolha (como diria o Léo Lopes) violenta. Ainda bem que estava no Hospital para poder ser mantido hidratado e não enfraquecer demais.

        Ele está bem e manda saudações!

        PAX!

  3. Brunno Fuzileiro disse:

    Perai, porre aos 9??? Aposto um opala ss 72 no Nelson

  4. Brunno Fuzileiro disse:

    Alexandre e Pastor.

    Vou confessar algo a voces mesmo sabendo que o alexandre vai me sacanear… Eu fiquei muito emocionado com o que foi falado na abertura do podcast.

    Eu abracei a campanha de doação de sangue como uma missão pessoal – já precisei de doação de sangue pra minha mãe e não tinha twitter naquela epoca (e eu só usava pc pra trabalho) – pelo meu carinho e admiração ao pastor claybom.

    Já soube pelo pastor que a criança está bem e se recuperando, o que me diexa com a sansação de dever cumprido.

    Desejo a todos um grande abraço,

    RESPECT IS EVERYTHING // SEMPER FI

  5. Deivid Blackout disse:

    Primeiramente parabéns a todos os pais podcasters e ouvintes.

    Eu não tenho muitas historias do meu pai por que não tive muito contato (pais separados desde meu nascimento) e também não tenho filhos (ainda tenho muuuuuito tempo ;D) mas foi bom ouvir as historias do pessoal no mesmo estilo do podcast de dia das mães.

    Parabéns Nerdmaster tanto por ser pai como por fazer esse belo cast.

    Valeu
    Blackout

  6. Salve, paranerdaiada.

    Primeiramente, parabéns aos pais que participaram do programa. Nota-se que são pais que honram a "função".
    Parabéns também ao Brunno pela iniciativa de correr em auxilio ao Pastor Claybom com tamanha presteza.

    Era muito novo quando meus pais se separaram, então sei o que a ausência de um pai significa. Apesar de minha mãe se ocupar com os dois papéis, creio que algumas coisas seriam mais fáceis com um pai presente. E isso não significa que ele precisasse estar junto com minha mãe, apenas não ser tão ausente como sempre foi… e ainda é.
    Não tenho mágoas, fui visitá-lo no domingo, conversamos cordialmente… enfim, o que poderia ter sido é passado.
    Como bem disse o Nelson, foi um exemplo pra mim. Hoje, procuro dar o que não tive e estar sempre presente nos grandes e nos pequenos momentos. Também usando uma excelente frase, "DI"ta pelo Bóris, tento ser o melhor pai que posso ser.

    Bom, duas passagens interessantes:

    Quando era pequeno, tinha um parquinho montado na cidade e meu padrinho me levou para o tobogã. Levamos um tombaço, ralei por tudo e meu pai, indignado, passou a maior bronca no meu padrinho:
    – "Como é que você me faz uma coisa dessas? O menino vai traumatizar com parque depois deste tombo… deixa que eu levo ele."
    Resultado: Tombaço elevado a 5ª potência.
    Ainda hoje não vejo com bons olhos um tobogã.

    Geralmente uso bigode e quando minha filha tinha lá seus dois anos, cultivava um de considerável porte. Do nada decidi raspá-lo e quando minha filha viu, saiu com essa:
    – "Nossa papai, você também tem boca?"

    Abração.

    PS.: Inf. compl.: 39 anos – Salto/SP

  7. Éder disse:

    Olá NerdMaster, grande podcast esse, fiz até meu velho escutar, e ele gostou bastante. Bom já eu não sou pai, mas mesmo assim curti o episódio assim como o episodio de dia das mães, gostei das histórias de vocês no cast e foi divertido escutar, eu e o meu velho até nos identificamos com algumas histórias, como a bebedeira aos 9 anos, no meu caso aos 11. E foi boa a participação do P4QDERM3 (escrevi certo?), ficou uma leitura de Email bem dinâmica. Bom, era isso, inté +

  8. lucasamura disse:

    Gostei do programa. Fez-me refletir em muitas coisa, já que não sou pai.

    Parabéns a todos os envolvidos.

  9. Drugue disse:

    Como prometido pulei os podcasts sobre Misfits pra ir spoiler free pra série, mas estou de volta(com uma certa demora é verdade mas estou de volta).
    Infelizmente ao contrário do cast de Dia das Mães nesse eu, assim como alguns participantes do podcast, não tenho muitas histórias bacanas, meu pai sempre trabalhou muito e sempre colocou o trabalho como primeira prioridade, muitas vezes deixando de comparecer a festas e eventos importantes para os filhos para fazer horas extras no trampo. Outra infelicidade é que no caso no tempo livre dele ele preferia ficar com os amigos a ficar com a família. Claro que assim como todo mundo eu tenho alguns bons momentos e pelo menos de uma coisa eu não posso reclamar, pelo menos nos primeiros anos da minha vida ela compareceu e junto com a minha mãe, me educou e me ensinou a ser o homem que eu sou hoje.
    Concordo com o Pastor e acredito que apesar de não ser um pai nenhum pouco presente ainda assim foi um exemplo pra mim e eu sei o que não fazer com os meus filhos.
    Vlw NerdMaster!
    Que a força esteja com você!

    • NerdMaster disse:

      ótimo depoimento Drugue!!

      E sobre a participação do Gabriel nos emails? Gostou?

      • Drugue disse:

        Opa, acabei comentando correndo e esqueci de comentar isso.
        O P4QDERM3 ta aprovado nos emails, ficou mais dinâmico e com o humor que o paranerdia sempre teve no podcast e que as vezes faltava um pouco nos emails.

        • NerdMaster disse:

          Faltava humor nos emails??? o.0
          Pombas…. ¬¬

          Então tá: 3 votos a favor e 1 voto contra

          • Drugue disse:

            Não disse disse FALTAVA, disse AS VEZES faltava UM POUCO…rs
            Ressaltando as palavras importantes ai…rs
            O paranerdia sempre teve um humor bem característico e as vezes por ter um monte de e-mails pra ler esse humor fugia por entre os dedos, mas agora acho que não vai faltar mais nada… Bom, claro que uma voz feminina é sempre bom…rs

          • NerdMaster disse:

            Ahhhh, bom!!

            E quanto a ter "vozes femininas" no Paranerdia estou cuidando disso!! 😉

            Vida Longa e Próspera

          • Drugue disse:

            Opa… ai sim hein…rs

          • P4QDERM3 disse:

            Quero deixar claro que a minha participação não será fazendo voz fininha, muito menos colocando peruca pra gravar os emails…. mas ainda assim VALEU DRUGUE!!

  10. actionnerds disse:

    DImais esse cast.. hahahahahahaha
    Totalmente excelente com convidados de alta elegância para falar de seus pais queridos!

    Por enquanto, só nos e-mails!
    Abraços

  11. Queiroz disse:

    Fala Nerdmaster e cia. , muito bom esse Paranerdia de PaiLhaços, principalmente pela presença de Nelson Portugal, o coroa mais legal da internet, e conheço seus filhos a linda Pitty Portugal e o sangue bom Plugin Head, que conheci no encontro podcast boteco, que podem ser orgulhar do pai que tem, que assistiu Tom e Jerry no cinema. =)

    Para mim o melhor Filme de Pai de todos os tempos é Falcão Campeão dos Campeões, e curioso que seja também do Sly o melhor discurso de Pai para Filho do cinema que é o esporro de Rocky Balboa, vulgo Rocky.6

    Acho que meu Pai só tem um defeito, ser botafoguense. Aqui em casa é que nem aquela música da Paula Toller "Por que que eu sou Flamengo, e meu pai é Botafogo?". por aí. =) E de qualidades fodas, ser mestre em xadrex e ser um grande nadador.

    Bem, vale lembrar da ótima participação do Nerdmaster no Badernacast # 33, sobre Transformers, aliais o Nerdmaster falou de Transformers e nós Badernistas fizemos muito mimimi, pois Michael Bay merece .

    Valeu galera do Paranerdia, voltarei sempre

    .

  12. Brunno Fuzileiro disse:

    Fala meu caro nerdmaster

    A lembranças mais fortes que eu tenho do meu pai na infancia tem a ver com a carreira dele. Nada me deixava mais orgulhoso do que vê-lo vestir a farda branca e me levar pro colegio fardado.
    COm o passar do tempo, qdo eu decidi entrar pra Marinha do Brasil eu passei a admira-lo ainda mais. Percebi o respeito que todos tinham por ele, não pela patente, mas pela pessoa.

    Respect is Everything nasceu no dia em que ele decidiu se transferir pra base onde eu ia servir, só pra acompanhar meu treinamento. A partir desse dia meu respeito por ele só cersceu.

    Apesar que hj nós discutirmos por "bobeiras muito sérias" o respeito não diminiu e nem deve diminuir.

    Respeito acima de tudo SEMPRE!!!

    Um grande abraço, Nerd Master

    SEMPER FI ADSUMUS

Leave a Reply

'