Paranerdia 47: Filmes Natalinos

Saudações natalinas queridos ouvintes!

Um pouquinho atrasado mas com muito charme e swingue, eis que chega o novo episódio do Paranerdia!

E neste episódio, eu e meus convidados: Brunão e Manuel Calavera do Jurassicast discutimos a respeito dos filmes natalinos de antigamente e os atuais também!

Saiba neste cast:

  • Qual dos participantes ODEIA filmes de Natal
  • Os melhores filmes natalinos
  • Os piores filmes natalinos
  • Como alavancar a carreira de uma criança prodígio
  • E muito mais…

Vá rápido ao Player abaixo e receba este belíssimo presente do “Nerd Noel”, Ho-Ho-Ho!!

Trilha Sonora deste Cast:

  • Os Seminovos – Luke, Eu sou seu Pai (tema oficial da leitura de e-mails)
  • Frank Sinatra – Let It Snow, Let It Snow, Let It Snow
  • Tema do filme A Felicidade Não se Compra
  • Músicas natalinas clássicas

Links relacionados:
Momento Merchandesign:

Comentados nos e-mails:

Comentados no Cast:

Vida Longa e Próspera
… E Feliz Natal!!
Reproduzir
 Arquivo compactado(ZIP): Download

23 Responsesto “Paranerdia 47: Filmes Natalinos”

  1. maickcosta disse:

    Aê Nerdmaster,

    Quando li o título do episódio, pensei: pqp, ele vai colocar "então é natal" como trilha. Vai ser uma tortura escutar o cast :p hehehehe

    Parabéns por mais um episódio bacanudo. Brunão e Calavera adicionando peso (foi mal, não resisti) a esse cast muito legal.

    Até hoje assisto tranquilamente "Esqueceram de mim". Apesar dos clichês, é muito legal ver um molequinho dando uma "surra" nos bandidos. E sem sombra de dúvidas que "Férias frustradas" é o melhor!

    Abs,

  2. P4QDERM3 disse:

    Programa ficou foda!! Foi sofriiiiiiiiiiiiida a gravação dos emails.
    Uns filmes q lembrei!
    * Um Homem de Familia (The Family Man) com Nicolas Cage
    * Ernest Salva o Natal (Ernest saves Christmas) com Jim Varney
    * Um Herói de Brinquedo (Jingle All the Way) com Governator
    * Simplesmente Amor (Love Actually) com uma pancada de gente
    * Um Doende em Nova York (Elf) com o MEGAPHODABAGARÁI WILL FERRELL!

    O meu preferido desses é o primeiro! Hoje, como pai, dá pra sentir a angustia quando ele acorda no apartamento dele.

    bejo pra todo mundo!!

  3. Deivid Blackout disse:

    Fala pessoal!

    Eu já comentei isso em um outro podcast natalino, mas vou comentar de novo: eu cago para as festividades de fim de ano. Então imaginem o que eu acho dos filmes, principalmente os que passam na nossa bela tv aberta. Este foi um dos motivos que me fez largar de vez a tv (agora só iTunes e netflix).

    Mas o cast foi bom deu para dar umas boas risadas, o pessoal do Jurassicast é show.

    Para quem se importa Feliz Natal ;D

    Valeu
    Blackout

    • P4QDERM3 disse:

      Falae Blackout!! Cara, tenho q concordar que TV aberta no Brasil é igual cú, só tem um canal e é só merda! No meu caso a Sky resolveu na boa, mas vira e mexe a patroa aqui em casa tenta assistir um programa da Eliana, um Rodrigo Faro, um Faustão ou algo do genero. Eu reclamo logo e/ou vou para o pc e/ou vou perturbar minha filhota!

    • NerdMaster disse:

      Feliz Natal pra você também Blackout!!

  4. aLx disse:

    Já expliquei, mas vou repetir. Acho que comentários sobre os programas deveriam ser feitos na seção de comments, assim, todos poderiam interagir. Vide NA CALÇADA 58, PAPO PIRATA, NEGAÇÃO LÓGICA 88. E-mail é um contato direto do ouvinte com o podcasters. Elimina a possibilidade dos demais ouvintes participarem e tornar um comentário em discussão.

    Pra mim, me desculpem a sinceridade, manda e-mail quem quer GARANTIR que seu comentário seja lido, ou seja, quer aparecer. Acho que o e-mail deveria ser mantido apenas para conversas sobre o PodCast (e não sobre o episódio). Por exemplo, "NERDMASTER, o feed tá com problema! Verifica!" ou idéias para pautas, propostas comerciais, etc.

    Não renovei meu acordo com o Pai Galo, por isso tantos e-mails.

    Sobre o episódio, também gostava dos filmes de stop-motion. De filme mais "sério" sobre Natal, gostava muito de MILAGRE NA RUA 34, ainda quero assistir a versão clássica.

    =)

    Pô, eu gosto dos filmes do Ernest! Ernest é demais. Ele na prisão, sendo condenado à cadeira elétrica é engraçado pra caramba! Tosquera total!!! kkkk

    Concordo sobre o que foi dito sobre Drew Barrymore. Acho ela uma atriz fraquíssima. Basta assistir qualquer filme da série AS PANTERAS. Lastimável.

    Bom, é isso…
    Abraços e obrigado pelo cast.

    aLx

    • NerdMaster disse:

      Não te tiro a razão sobre a importância dos comentários, aLx.
      A maior vantagem deles é, sem dúvida, a maior interatividade dos ouvintes que podem concordar ou discordar em tempo real.

      Mas há vantagens nos emails também. Imagina como seria mais trabalhoso pro Deivid Blackout mandar aquelas belas fotos de seus pokemons por comentário…

      Feliz Natal pra você, meu comentador polêmico!

      • aLx disse:

        Bom dia, NerdMaster,

        Mesmo imagens poderiam ser enviados por link, na mensagem. Não se se teria como liberar a tag html de imagem, seria MUITO interessante.

        O mais importante é a participação dos ouvintes e nisso o Paranerdia se dá muito bem!

        Novamente parabéns pelo episódio e muito obrigado pela dedicação.

        Abraços e boas festas.

        aLx

  5. Corto Maltese disse:

    Parabéns pelo podcast.

    Po, eu discordo completamente sobre A Felicidade Não Se Compra. O filme não é nem um pouco cuti-cuti. Até porque não é todo ele que se passa no Natal… e… bom… é um filme sobre suicídio! huiahahahaha!!!!

  6. A Whoopi Goldberg de Papai Noel é realmente estranho. Mas uma MULHER não, pelo menos não para quem fala inglês, porque lá Papai Noel se chama Santa Claus, que por si só é indifirente de gênero.

    E essas animações em Stop Motion eram TODAS da Globo, não do SBT. Mas tinha sim um filme de Natal que passava SEMPRE no SBT, que tinha como protagonista um garoto (acho que morador de rua) que acaba descobrindo o Papai Noel e até visita a sua fábrica.

    Outro filme que passava sempre, já na Globo, era o de uma família que ia morar no no norte do Alasca (ou seja, num lugar MUUUITO frio) e acabam descobrindo onde fica a fábrica do Papai Noel. E esse Papai Noel era todo tecnológico, tinha até um dilatador temporal que desacelera o tempo para que ele possa entregar todos os presentes.

    Tem muitos outros, mas esses dois são os que mais marcam minha memória de quando era garoto 🙂

    • NerdMaster disse:

      CARAYO!!! Lembrei desse filme do Papai Noel tecnológico!! Pena que me fugiu o nome…

      Obrigado pelo comentário, Marcio

      • Achei os filmes! Esse é o da Globo que vi e revi à exaustão: Papai Noel Existe (The Night They Saved Christmas). Nesse filme uma família se muda para o Alasca (ou algo assim) por conta do trabalho do pai, que trabalha para uma petrolífera que está fazendo detonações exploratórias no local. Só que essas explosões estão arriscadas destruírem a Cidade Pólo Norte, onde vive Papai Noel. O chefe dos duendes tenta argumentar com ele, para que pare com as explosões, mas é ignorado e ridicularizado. O duende vai então na casa dele no dia seguinte, para levar toda a família para conhecer Papai Noel e ver que é sim tudo verdade, e não um trote, mas o pai da família não está em casa por conta do trabalho e acabam indo apenas a mãe e as crianças (acho que ela achou que o duende era algum funcionário do marido, por isso aceitou ir com ele). O filme é muito bonito, se bem me lembro

        Já o do SBT eu tenho quase certeza que é o Quando Papai Noel Salvou O Natal (It Nearly Wasn't Christmas). Copiando a sinopse: "Sentindo-se desnecessário, um desiludido Papai Noel (Charles Durning) desiste do Natal. Através da abnegação de uma menina, que tenta a todo custo reunir seus pais para o Natal (e com a ajuda de seu chefe elfo desajeitado, Philpot (Bruce Vilanch), Papai Noel descobre que as crianças de todo o mundo ainda precisam muito da sua ajuda!"
        Esse segundo fala em garotinha, mas o que eu me lembro do SBT eu tenho quase certeza que era a mesma sinopse, mas com um garoto morador de rua. Só se o tal garoto também é personagem do filme, mas secundário. Ainda não consegui descobrir, mas esse é o forte candidato de ser O filme que o SBT mais passou, nos anos 90 🙂

  7. Drugue disse:

    Rapaz, filmes natalinos é um ótimo tema pro Natal, principalmente filmes como Die Hard e Nightmare Before Christmas, agora vamos combinar que realmente o espirito de natal está morrendo aos poucos.
    A musica da Simone e a insistência da Globo por repetir todo santo ano os mesmos filmes ajuda pakas a acabar com esse espirito, lembro que a MUITO tempo atrás era bem bacana assistir esses filmes e por que não reunir toda a família para assistir os especiais, hoje em dia o povo prefere ficar conversando e jogando videogame até chegar a hora da ceia… ou seja… tirando Nightmare Before Christmas os outros filmes natalinos, pelo menos lá em casa já eram…
    Agora sou obrigado a defender Harry Potter, foi dito por um dos participantes que os bruxos são pagãos e comemoram o natal, beleza, pensando por esse lado ta tudo muito errado, mas, vamos pensar pelo lado que, em momento algum alguém fala em qualquer um dos 7 livros que a magia(no mundo do Harry Potter) provem de algum Deus antigo, isso dito já pode fazer com que os bruxos comemorem o natal, tirando o fato da bruxaria não ser derivada de Deuses pagãos, pelo menos não explicitamente, alem desse caso temos o fato de que os bruxos provem de família trouxas que nesse caso podem ser cristão e comemoram o natal ou seja, no meu ponto de vista é normal eles comemorarem o Natal, nem que seja só por costume mesmo.
    Tirando os fatos acima o podcast ficou excelente, ri muito e to com você NerdMaster Nightmare Before Christmas é O filme!

    • NerdMaster disse:

      Valeu Drugue! Também nunca vi nenhuma citação a paganismo (ou qualquer outra religião) em HP!

      JACK ESQUELETO É FODA!!!

      • Drugue disse:

        Jack Esqueleto é nosso REI…rs]
        Esse é o único filme que eu compro em todas as mídias que eu acho, tenho em VHS, tenho em DVD duplo, estou comprando em Blu-Ray e estou procurando ele em Laser Disc tambem…rs

  8. O problema do Expresso Polar foi justamente aquele conceito do Vale da Estranheza, onde uma imagem ou representação artificial é tão perfeita, mas tão perfeita, que você nota no ATO que ela não é natural e seu cérebro entra em conflito sobre como entender aquela imagem. Podem ler mais à respeito lá no MeioBit: http://meiobit.com/16290/o-vale-da-estranheza/

  9. Salve, nerdaiada.

    Passada relâmpago para deixar um "boas festas" para todos. 2012 vai ser fodabagarai. =D

    Abração.

Leave a Reply

'