Paranerdia 66: Filmes de Ficção Científica

Saudações cinematográficas queridos leitores!

Eu, Alexandre NerdMaster e minha querida mascotinha Clarice Sena convidamos Guizaum do Podcast Grande Coisa e os Nerdcasters Carlos Voltor e Harald “Androide” Stricker para discutirmos sobre a Ficção Científica no Cinema[bb].

Saiba neste cast:

  • O que é Ficção Científica?
  • O que faz um filme um bom filme de Ficção Científica?
  • Ficção Científica é um gênero?
  • Quais os filmes favoritos dos participantes?

Viaje ao futuro (ou ao passado, sei lá?) e ouça este episódio cientificamente sensacional!

Dúvidas? Sugestões? Broncas?

Mande-nos um e-mail para  paranerdia@paranerdia.com.br ou clique aqui e utilize nosso formulário de contato

Trilha Sonora deste Cast:

  • Os Seminovos – Luke, Eu sou seu Pai (tema oficial dosrecados)
  • Revolution Void – Increase the Dosage (disponível no Jamendo)

Comentados nos Recados:

Comentados no Cast:

 

59 Responsesto “Paranerdia 66: Filmes de Ficção Científica”

  1. ALisson001_ disse:

    Grande coisa

  2. radoc disse:

    Ficção cientifica é uma ambientação muito legal para um filme mas sinto que está saturando.
    A fantasia está sendo deixada de lado por causa dela.
    Meu problema não é com esse estilo mas sim como ele costuma ser feito pq cada minuto do filme é muito importante para toda a trama e muitas vezes esse tempo precisa ser gasto com explicações faladas que tiram do designer o objetivo de explicar como as coisas funcionam.
    Por exemplo, todo mundo sabe como usar um computador mas raramente buscam saber como funciona memoria, processador, etc. Em outras palavras. O importante é ligar e funcionar.

    Ainda não terminei de ouvir o episódio mas o traabalho chama.
    Volto depois para comentar mais.

    Aguardo episódio sobre ficção científica em video games, nesse sim tem muita história para contar.

  3. Seiji disse:

    Pô, curti esse cast. Dos filmes falados no podcast, eu vi a maioria. Gostei deles quando tinha visto, e eu fiquei realmente interessado em assistir esse primeiro da lista do Android. Contudo, ouvindo o cast fiquei surpreso com uma coisa… como assim Nerdmaster? Como você gostou de O Núcleo? como????? Oo Aquele é um filme muito ruim. Precisa ter muita suspensão de descrença para aceitar aquele veículo que consegue suportar a alta pressão e temperatura adentrando a Terra, fora o mecanismo de locomoçao e perfuração e os personagens envolvidos. De resto, o cast está legal… ^^ E ultimamente são raros bons filmes de ficção científica, os ultimos Prometheus e Vingador do Futuro (o remake) foram fracos, na minha opiniao. Abraços e até espero o próximo cast ^^

  4. Jonas Felix disse:

    Pra mim ficção cientifica se encaixaria como sendo o Tema da história, nem seria o plano de fundo. uma ficção cientifica pode ter como plano de fundo um problema politico por exemplo.
    E pra mim o livro Contato de Carl Sagan se encaixaria na categoria de livro que o genero propriamente dito é uma ficção cientifica.

    • NerdMaster disse:

      hmmmm, taí um bom exemplo de obra de ficção científica

    • Caros,
      Não concordo, Contato de Carl Sagan é um drama humano. O livro trata principalmente da crença das pessoas, seja na religião, seja na ciência. E é claro que durante a jornada da protagonista vemos muita ciência sendo desenvolvida, até por que Carl Sagan era um cientista de mão cheia!

      Aviso de Spoiler:
      A protagonista no fundo sempre quis encontrar as respostas para suas perguntas na ciência, mas ao encontrar uma mensagem dentro do número pi ao final do livro ela percebe uma assinatura do criador (Deus, se preferirem) e percebemos que no fim das contas, ela (e Carl Sagan por assim dizer) gostariam mesmo de encontrar na ciência uma prova cabal de que Deus existe, estando certas portanto ambas as leis da ciência e da religião.

      Sds
      Leonardo Carnelos

    • Harald Android disse:

      Ficção-científica é um status quo.
      Define a ambientação.
      Ela fornece elementos para que o roteiro funcione.

      Mas a ficção-científica precisa se vincular a algum gênero para fazer sentido.
      O mesmo acontece com a Fantasia ou filmes de época, como o Faroeste.
      Podemos ter um Faroeste cômico, romântico, policial, etc.

    • aLx disse:

      Legal ver comentário seu aqui… Projeto Thiago Miro né?
      .
      O Jonas Felix, sr. Host, é do Zumbis de Capacete. Ele não sabe, ou tenta esconder, mas é um destes zumbis!
      .
      aLx

  5. Seus maníacos.Adoro essa frase,quantas vezes assisti planeta dos macacos(o 1° claro)e ficava esperando o ator ficar com a macaquinha hehe mas,nunca acontecia.Descobrir que ficção cientifica é só uma ambientação foi interessante mesmo e saber também que qualquer tipo de história pode ser contada,expandiu meu cérebro.Parabéns nerd master e aos convidados foi muito sensasiofuckingawesome pra mim.Vida longa e próspera a todos

  6. Benedito Portela disse:

    Oi, muito bom o cast, mas claro o assunto, os convidados e sua equipe, não tinha como não ser bom!
    Eu sou muito fã de ficção cientifica, eu gosto de ver coisas novas, inimagináveis, não só inovações tecnológicas, mas temas e claro, se não tiver um bom roteiro, como filme não será bom, mas pelo menos do que foi apresentado, pode se sair novas idéias, não será de todo mau! rs
    Quando criança, passou na tv um filme que fiquei muito impressionado, se chama "Geração Proteus", como ajuda do google lembrei do nome! Se tratava de um supercomputador que aprisionou a mulher do cientista, pois ele tinha o controle total da casa, e fez uma inseminação, fazendo ela gerar um ser meio maquina, meio humano, ai acaba com eles conseguindo desligar a maquina e libertar a mulher, mas eu queria saber como seria a reação deles sobre o ser gerado!
    Acho que tem filmes com uma boa primícia, mas um mau desenvolvimento, um exemplo seria o "Substitutos", poderia ser maior e melhor aproveitado a ideia! Já de bons filmes, o 2001 eu assiti em partes, mas quero vê-lo todo, creio sim ser um bom filme, vi o Anime que vc falou, gostei mas não posso nem falar, pois gosto do estilo dos filmes japoneses, outro anime legal tb é Paprika! Gostei do "Minority Report" e outros tantos filmes embora de ação ou blockbuster, tendo ficção cientifica, eu to dentro! rs
    Outro filme que gostei muito foi A.I., apesar de alguns não gostarem do final, com aqueles aliens, mas eu entendi que, ali foi a unica forma de tornar o desejo dele de ser humano, pois quando acabou a raça humana, ele se torna o que seria o mais próximo do que é um humano!
    Valeu e obrigado pela indicação do cinecastcult, muito bom este cast!

    Benedito Portela, 38 anos, Fortaleza

    • Harald Android disse:

      Bendito Benedito!!!

      Eu também adoro "A Geração de Proteus"! Filme perturbador!

      Quanto à falta de reação do casal diante da criatura gerada, acho importante que o filme não tenha evoluído além desta cena! Cabe ao espectador, conforme sua própria moralidade, decidir o que seria certo fazer a partir daquele ponto. Seria certo MATAR a criança? Seria certo educá-la com conceitos de moralidade e civismo?

      (Para quem não assistiu esse filme, agora é que não vai assistir mesmo. Benedito e eu já contamos todos os spoilers)

      • NerdMaster disse:

        Mas vocês dois hein?? Seus spoileadores!!

        • Benedito Portela disse:

          Filme de 77, não tem como não falar! mesmo assim, assista é impressionante, tem mais alguns detalhes que não quis falar e ainda bem que o Android tb não disse, sobre o ser criado!
          Lembrei de uma serie que tinha um android tb, eu era muito criança, passou na tv no fim dos anos 70, alguém sabe o nome?
          Eu assistias estes filmes de robôs e androides do mal, tinha tanto pesadelo, mas ainda bem que não fiquei com trauma, aliais eu faço é gostar mais ainda do assunto!
          Quem se lembra dos robôs do Buck Roger? Eu achava muito legal!
          Bené

          • Harald Android disse:

            "Lembrei de uma serie que tinha um android tb, eu era muito criança, passou na tv no fim dos anos 70, alguém sabe o nome?"

            Poxa… a descrição está vaga, né? Mas vou chutar: "Logan´s Run". Além de filme, também foi série de TV. O seriado contava as peripécias de Logan 5, Jessica 6 e um andróide chamado Rem, em busca da terra prometida.
            http://www.snowcrest.net/fox/logantv/index.htm

          • Benedito Portela disse:

            Não, este eu me lembro bem da serie, o filme não vi, era até a procurar de um "Santuário", eles eram fugitivos, eu gostava tb, mas não era este! É vago mesmo pois eu era muito criança, talvez não fosse uma serie, mas um filme, naquela época tinha muitos filmes, até toscos de serem vistos hoje, só lembro que era prateado, mas sem problema, creio que não seria tão bom assim! rs
            Me lembrei de outra serie futurista, de uma família que viajava num ônibus que parecia um avião ou nave, eram tipo exploradores, passou na tv acho que na mesma época do "Logan's Run", bom se for pra falar de serie antigas, vamos ter muito assunto! rs
            Caramba, me lembrei de outra serie boa, passava tarde da noite, "Além da Imaginação", me marcou o episódio do cara com uma marca na testa que era condenado a ninguém poder falar com ele! Era uma época futurista e tinha vários robôs voadores que ficavam de vigia, era muito sinistro, o cara foi condenado porque era muito egoísta, algo assim, não lembro bem! Depois de cumprir a pena, um agente vinha e tirava a marca e ele voltava a fazer parte da sociedade!
            Boas ideias que o pessoal tinha antigamente, hoje esta difícil de ver algo legal e/ou que chocasse sem ter que partir pra sexo ou violência gratuita !
            Valeu pela ajuda!
            Bené
            PS.: mais um pouco do "Fuga das Estrelas" rs http://www.tvsinopse.kinghost.net/l/logans-run1.h
            Achei o episódio do Além da Imaginação: http://www.youtube.com/watch?v=j4U-UUFYPLE

    • Substitutos é um filme muito bom. Gostei bastante dele 🙂

      • Benedito Portela disse:

        Eu gostei tb, mas achei curto, creio que dava pra aproveitar mais o tema com um roteiro mais elaborado! Quem sabe algum outro filme com a mesma primícia?
        Gattaca, foi um filme que eu gostei do desenvolvimento dele, não me deixou sentindo falta de algo como aconteceu com o Substitutos!
        Bené

  7. Marcelo M. Duarte disse:

    Bom, Olá caros Paranerdiandos (Estou fazendo certo?).

    Gostei muito desse episódio do podcast, por isso quiz compartilhar uma frase que vi na serie "Stargate SG1" (que apesar de eu saber que é uma serie sofrivél, tenho de admitir que assisti inteira).
    Enfim, a a frase é uam citação do Isaac Asimov:

    "Individual science fiction stories may seem as trivial as ever to the blinder critics and philosophers of today — but the core of science fiction, its essence, the concept around which it revolves, has become crucial to our salvation if we are to be saved at all." (Isaac Asimov, The Encyclopedia of Science Fiction, 1978)

    Espero que não ter sido redundante.

    • NerdMaster disse:

      Nem um pouco redundante Marcelo!
      Citações de sir Isaac Asimov são sempre bem vindas!

    • Sofrível??? Ahh, vá, nem tanto. Mais para as últimas temporadas até entendo, mas as 4 primeiras são excelentes!

      E a citação em questão é proferida pelo ator da série Wormhole Xtreme, que é uma paródia de Stargate dentro de Stargate, que interpreta um androide de pele prateada. Foi citada no final do episódio 200 da séries (cujo nome era isso mesmo, "200")

  8. Tema legal. Curti a discussão. Realmente, é sempre complicado definir "o que é ficção científica?" Já escutei a mesma indagação no Cabulosocast, com participação do pessoal do PodEspecular, sobre o mesmo tema, só que na literatura.

    Mas apesar de ter sido um bom papo, tenho duas observações:
    – Núcleo é mais plausível que Armageddon, Alexandre? Tá certo que ambos são absurdos, mas os absurdos do filme do Bruce Willis são menos gritantes: é só uma equipe de prospectores de petróleo enviados ao espaço, ao invés de astronautas gabaritados; tem uma METRALHADORA num dos veículos que levam para lá; e eles explodem um asteroide. Absurdo, mas mais aceitável que a premissa de que o núcleo terrestre "do nada" para de girar; uma "broca mágica" que DESINTEGRA tudo o que está em seu caminho; descer até o NÚCLEO do planeta; e com o uso de 2 ou 3 bombas atômicas fazer o mesmo voltar a se mexer.
    – Eu não consigo considerar o livro 1984 uma ficção científica. Tá certo que na época que ele foi lançado ele retratava um futuro imaginado, mas "estar no futuro" não é mérito suficiente para algo ser considerado ficção-científica. Não tem nada de ciência ali. Bom, só se for estudo de ciência POLÍCIA e SOCIAL. É uma história distópica onde se especula desdobramentos políticos anos à frente, mas não há qualquer avanço tecnológico ou científico de qualquer forma. Aliás, o que há na verdade é uma estagnação e retrocesso, em relação ao ano de 1948.

    Bom, minhas opiniões. Falou aí Nerdmaster, e aguardo pelo próximo programa temático 🙂

    • NerdMaster disse:

      1) Você acredita se eu te disser que eu só tava "causando"?

      2) Em 48, 1984 era ficção científica

    • Guizaum disse:

      Afinal de contas, política e sociedade, também são ciências. ^^

    • aLx disse:

      Acho que ficção científica é tudo aquilo que não é possível HOJE.
      .
      Exemplo: Raios laser eram ficção cientítica há 50 anos. Hoje não mais.
      .
      Se colocar um ladrão usando laser para cortar um vidro de janela não vai ser ficção científica, a não ser que depois ele se teletransporte para longe… mas se pode teletransportar, pq usaria um cortador de vidros laser…
      .
      Enfim… sacou?
      .
      Abraço.
      .
      aLx

  9. Daniel Lopes disse:

    Olá meu grande povo Paranerdiano!

    Alexandre, venho te parabenizar pelo maravilhoso programa, completo, polêmico (Nucleo?!!!), intrigante, recheado de participantes por dentro do assunto. Bem Tenho de confessar que Ficção científica é o cenário para filme que mais me agrada. É um mostruário de como a envergadura do imaginário Humano, as angustias e evoluções podem alcançar com suas assas. Não vejo Ficção Científica como um gênero e sim como um meio de colocar o Gênero. Considero Metropolis, do Fritz Lang, a Obra Prima da Ficção científica ao lado de 2001 Uma odisseia na Espaço. Indico o Filme Stalker (de 1971) de Andrey Tarkovskiy
    °°°
    Gostaria de indicar um livro ao Nerdmaster e seus séquitos, uma obra chamada de Lua de Tijolos, de Edward Everett Hale. Foi o primeiro relato de uma estação espacial, o livro é escrito em forma de um diário e é muito interessante. Merecia uma adaptação cinematográfica.
    °°°
    Gostaria de pedir desculpas por não ter comentado como devia nos episódios anteriores, acompanho teu trabalho há tempos e acho o Paranérdia um Podcast " π (3,14159265) ". Pode ter certeza que larguei este habito de não comentar e lotarei este espaço de comentários e com mais "bla bla blas". Um abraço e "Vida longa e próspera".

    • NerdMaster disse:

      Sê bem vindo então à área de comentários, caro Daniel!

      Stalker? Caracas!! Eu já vi esse filme!! É um bocado pertubardor, principalmente depois de saber que 4 das pessoas que participaram desse filme (inclusive o próprio diretor) morreram de intoxicação. Suspeita-se que isso ocorreu devido ao alto nível de radioatividade da região da Estonia, onde o filme foi rodado… Bizarro não?

      Livro anotado. A Lua de Tijolos. Vou atrás dele! Obrigado!

      Se me perdoa a ignorância, ma o que é um "Podcast π"?

      Vida Longa e Próspera

  10. igudima disse:

    Olá pessoal do Paranerdia, tudo bom?

    Muito legal o cast! O melhor é anotar as indicações de alguns que não assisti e tentar achar tempo para ver qualquer hora! Hahahaha!
    Eu assisti Metropolis, e só tenho uma coisa a dizer. Tenho medo daquele filme… É um filme da década de 20 cheio de questionamentos, dá a impressão que alguém voltou no tempo pra fazer aqui. 🙁
    Adoro os filmes de ficção científica, é uma pena que este gênero tem estado em queda de uns anos pra cá (na minha opinião). Como é um gênero que se deve pensar para produzir e a indústria não quer arriscar dinheiro com coisas assim, acho que tem estado meio devagar. Uma pena…

    É isso, muito bom o episódio!

    Abraços!

  11. aLx disse:

    Fantástico o programa. Mas olha que surpesa! Chegar aos comentários e já ter 32 comments!
    .
    Que legal!!!
    .
    Deve ser fruto da MALDIÇÃO DO ALX né, Sr. AlmaldicoaosouvintesMaster?!?!?!?!
    .
    >=(
    .
    Gosto muito de ficção cientítica, tanto livros como filmes.
    .
    Acho que toda boa história precisa colocar um pézinho nesta área. Seja uma cura para uma doença (em um drama), seja uma manobra impossível de ser feita pelas leis da física (em um filme de ação), seja por vencer um peixe espada sozinho no meio do mar!
    .
    Lembro de ter lido em algum lugar que nosso universo é tão gigantesco — tendendo ao infinito — que toda situação, mágia, feitiçaria, milagre ou qualquer coisa que o seu primitivo cérebro seja capaz de imaginar, deve, em algum lugar do universo, ser realidade!
    .
    Isso é fantástico.
    .
    Eu imagino que o NerdMaster voe! Ora, em algum canto do universo deve existir uma versão do NerdMaster que voa! Legal, né?
    .
    =D
    .
    Isso, no entanto, acabaria com a ficção científica, porque tudo passaria a ser POSSÍVEL.
    .
    Enfim, chega de viajar.
    .
    Excelente programa.
    .
    Grandes parcipações.
    .
    Parabéns e obrigado por mais esta diversão.
    .
    aLx

  12. Como a maior parte dos Nerdmasterianos também tenho admiração pelos filmes de ficção científica não só nos filmes como também literatura, passando pelo trash ao mais questionadores.

    O Cast ficou sensacional e me fez ter vontade de re-assistir à alguns filmes e até ir atrás dos que não vi ainda (para minha vergonha não vi Metropolis e nem a versão original de O dia em que a Terra parou).

    E falando em versão original assistam o curta francês La Jetée de 1962 (http://youtu.be/81IrFtR7L48) que foi a inspiração para a obra Os 12 Macacos.

  13. Drugue disse:

    Rapaz, e não é que existe pelo menos mais uma pessoa no mundo que gosta de O Núcleo…rs Sou fãzaço de ficção cientifica e gosto de consumi-la em todos os formatos de mídia possível, não sou um profundo conhecedor e sinceramente conheço bem pouco as obras mais clássicas(na parte de filmes e entendendo clássicos como filmes antigos) mas concordo com o fato de que ficção cientifica sempre vem apoiado em outros gêneros. Sei que não é o foco do podcast mais recomendo que todo mundo leia Admirável Mundo Novo e depois leiam O Regresso ao Admirável Mundo Novo que é sensacional!

  14. Michel Ayala disse:

    Alguns filmes que indico: Gattaga, Solaris, Equilibrium, Mr Nobody.

  15. […] Demorou mas saiu o Parolando sobre o episódio 66 do Paranerdia: Filme de Ficção Científica. […]

  16. Gilmar A. Santos disse:

    Gostaria de agradecer sinceramente ao Harold e as suas indicassões de filmes.

    Assisti a Colossus, e apesar de datado é um filme excelente, mas o melhor foi o The Man from Earth. A muito tempo um filme de teor puramente intelectual não me cativava tanto. O achei perfeito dentro de sua simplicidade.

    É por isso que adoro podcasts como o Paranérdia, que me proporcionam oportunidades de conhecer e apreciar obras obscuras como estas.

    Muito obrigado a toda a equipe Paranérdia, e desejo muito sucesso a todos.

    • Harald Android disse:

      E eu fico extremamente contente de você ter assistido esses filmes, Gilmar!
      Podem não ser pérolas da sétima arte, mas tratam a ficção-científica como um meio para uma mensagem mais grandiosa.

  17. Daniel disse:

    12 Macacos não é com Brad Pitt.

  18. actionnerds disse:

    NERD MASTEEEEEEEEEEEEEEEER!
    Onde você arranjou a Clarice?! O____________O
    Ela associar Distrito 9 com Apartheid e ter 15 anos é ter uma cabeça muito a frente do tempo!

    Mas para mim faltou A Origem e Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças. São 2 filmes belíssimos na fotografia e de um roteiro que leva o público ao delírio, pelo menos eu surtei com Brilho Eterno!

Leave a Reply

'