DVDs de filmes baseados em Jogos Eletrônicos

OBS: Este texto faz parte da série “Baú do Nerd” e foi feito em Novembro de 2008.

Além de ser um cinéfilo ardoroso, também sou um game maníaco dos mais fiéis. Sou daqueles que já passou dias a fio, sem comer ou dormir direito só pra “zerar” aquele jogo difícil.

Por isso gostaria hoje de falar a respeito dos filmes que foram lançados tendo como base algum jogo eletrônico, seja de PC[bb] ou videogame[bb]. Junto do comentário sobre o filme e o DVD[bb], atribuo uma nota para ambos.

Vamos lá!

1 ) Super Mario Bros. – O filme (1993): o pioneiro dessa indústria. Tão tosco, mas tão tosco que seja a ser sensacional!! Para quem é fã é um insulto, mas para quem quer dar boas gargalhadas é um prato cheio!Infelizmente o DVD dessa “pérola” nunca foi lançado aqui no Brasil.

  • Filme: 7,5
  • DVD: sem nota

2 ) Street Fighter (1994): Uma das maiores catástrofes cinematográficas do mundo. E, infelizmente, o último filme feito pelo maravilhoso Raul Julia. (acho que ele não aguentou a vergonha)… O que falar dessa bomba? Ryu e Ken traficantes de armas?? Chun-li repórter?? Fala sério!! Foi lançado numa edição simples pela Columbia (já esgotada), com formato de tela widescreen e pouquíssimos extras.

  • Filme: 3
  • DVD: 5

3 ) Double Dragon (1994): Outro da categoria “tão tosco que ficou legal”. Foi tão bem recebido pelos fãs que até virou jogo de luta pelas mãos da extinta SNK. Também só vale pelas gargalhadas que proporciona. Outra “pérola” sem lançamento por aqui…

  • Filme: 6,5
  • DVD: sem nota

4 ) Mortal Kombat (1995): Agora começamos a falar sério. Em minha opinião este é o primeiro filme bem adaptado de um videogame. Personagens bem definidos, apesar de um pouco mal aproveitados, fazem desse filme um daqueles “que se salva”. Foi lançado aqui no Brasil numa edição simples, sem extras e com o formato de tela em letterbox.

  • Filme: 8,5
  • DVD: 5

5 ) Mortal Kombat – A Aniquilação(1997): Esse vai pra categoria “não precisava ser feito”. Apesar de bem produzido e contar com mais personagens que o primeiro, este filme não disse a que veio! História fraca e sem graça. Foi lançado aqui no Brasil numa edição simples, sem extras e com formato de tela widescreen anamórfico

  • Filme: 6
  • DVD: 6

6 ) Wing Commander – A Batalha Final (1999): Bom filme de ficção científica. Tem alguns pontos do jogo bem elaborados e utilizados, mas também tem muita coisa mal produzida. Vale o aluguel (somente em VHS), mesmo que você não seja fã da série.Não foi lançado em DVD aqui no Brasil.

  • Filme: 7
  • DVD: sem nota

7 ) Final Fantasy: Spirits Within (2001): A primeira tentativa de se levar o universo do jogo Final Fantasy para a telona se mostrou uma grande decepção! Não no quesito técnico, pois foi uma das animações por computador mais perfeitas que eu já vi! Mas o que ele tinha de beleza não tinha de conteúdo. Não havia nada naquele filme que justificasse o nome Final Fantasy no título!O DVD brasileiro é super caprichado, lançado em edição dupla e cheio de material extra sobre a criação do filme e dos personagens. O formato de tela é widescreen anamórfico.

  • Filme: 6
  • DVD: 9

8 ) Lara Croft – Tomb Raider (2001): Apesar de muitos fãs dizerem que este filme não fez jus a Lady Croft, eu já sou de opinião contrária. Achei tudo muito bom, desde a escolha de Angelina Jolie para o papel da voluptuosa Lara, até o roteiro que capturou bem o clima dos jogos da Série Tomb Raider. Foi lançado aqui no Brasil numa edição simples, porém caprichada com bons extras e, inclusive, com uma fase demo de um jogo da série Tomb Raider. O formato da tela é widescreen anamórfico.

  • Filme: 8
  • DVD: 10

9 ) Resident Evil: o Hóspede Maldito (2002): Apesar de o subtítulo brasileiro ter sido muito mal traduzido (??) este filme ficou muito bem adaptado na minha opinião. Bons sustos e roteiro bem conduzido.Foi lançado aqui no Brasil numa edição simples, porém com bastantes extras e formato widescreen anamórfico.

  • Filme: 9
  • DVD: 9

10 ) Lara Croft II – Tomb Raider: A Origem da Vida (2003): Apesar de (bem) mais fraco que o primeiro este filme ainda é uma boa produção. Mas peca muito na história e abusa um pouco da boa vontade de quem assiste. O DVD brasileiro deste filme tem menos extras que o do primeiro filme e formato de tela wide.

  • Filme: 6,5
  • DVD: 7,5

11 ) House of the Dead – O Filme (2003): Se há um nome que os fãs de videogames praguejam até o fim dos dias, esse nome é Uwe Boll. Esse controverso diretor alemão tem a fama de ter “destruído” todas as franquias de videogame que ele levou para a tela grande. House of the Dead foi sua primeira tentativa e não passa disso, uma tentativa. Houve uma continuação que eu nem me atrevo a comentar! Ambos os filmes forma lançados aqui no Brasil em edições simples e com pouquíssimos extras. O formato de tela do primeiro filme é fullscreen e do segundo é wide.

  • Filme: 0
  • DVDs: 3

12 ) Resident Evil: Apocalipse (2004): Este filme continua exatamente no ponto em que terminou o primeiro de 2002. Dá até para assistir aos dois juntos como se fossem um só. Perde um pouco do ritmo e dos sustos que o primeiro proporcionou mas não faz tão feio assim. Destaque para a grotesca criatura Nemesis. Foi lançado no Brasil com formato wide anamórfico, com menos extras que o primeiro filme.

  • Filme: 7
  • DVD: 8

13 ) Alone in the Dark: O Despertar do Mal (2005): Mais uma das “adaptações” de Uwe Boll. É preciso dizer mais? Consegue ser tão ruim, ou até pior que o House of the Dead! Foi lançado numa edição tão porca e simples que eu a apelidei de “edição banca de jornal”. O formato de tela é fullscreen e os extras são quase inexistentes.

  • Filme: -2
  • DVD: 0

14 ) BloodRayne (2005): Mais uma das “façanhas” do Sr. Uwe Boll. Apesar de desta vez ele até ter conseguido fazer um filme de ação razoável, como adaptação de jogo é outra bomba!! Também teve uma continuação que eu não vi e nem quero ver! O primeiro filme saiu numa edição simples, com formato de tela Letterbox e poucos extras. O segundo filme saiu uma edição simples, wide e sem extras.

  • Filme: 4
  • DVD: 6,5

15 ) Doom – A Porta para o Inferno (2005): Mais uma boa adaptação dos games, esse trilher de ficção científica estrelado por Dwane “The Rock” Johnson tem ótimos efeitos especiais e uma história bem interessante. Destaque para a cena “em primeira pessoa” feita em homenagem ao jogo. Foi lançado no Brasil numa edição simples, com formato de tela widescreen anamórfico e com uma boa quantidade de extras.

  • Filme: 9
  • DVD: 9

16 ) Final Fantasy VII: Advent Children (2005): Esse sim é um filme sobre Final Fantasy!! Este é tudo que os fãs pediram para ver no cinema. Perfeito tanto em relação à técnica quanto em relação à história. Tal como o primeiro, este filme teve uma super caprichada edição dupla, lotada de extras e com formato de tela widescreen anamórfico.

  • Filme: 10
  • DVD: 10

17 ) Terror em Silent Hill (2006): Nos últimos anos parece que os diretores acertaram a mão nas adaptações. Terror em Silent Hill é outro excelente filme de terror com muitos (mas muitos mesmo) sustos e reviravoltas! Saiu aqui no Brasil em uma edição simples, com formato de tela wide anamórfico e bons extras.

  • Filme: 10
  • DVD: 9

18 ) Resident Evil 3: A Extinção (2007): Terceira parte da saga de Alice e seus amigos contra os zumbis criados pela Umbrella Corp. O mais fraco dos três filmes. Só o final salva, mas aí já é tarde demais. Também é a mais fraca das três edições lançadas.

  • Filme: 6
  • DVD: 6

19 ) DOA – Vivo ou Morto (2007): DOA (Dead or Alive) é um filme bobo, mas divertido. Mulheres belíssimas em lutas violentas, tal como no jogo do qual foi adaptado. História (??) fraca. Serve para devorar um saco de pipocas sem compromisso. Foi lançado no Brasil, em uma edição simples, com formato de tela wide e sem extras.

  • Filme: 7
  • DVD: 6

20 ) Em Nome do Rei (2007): A mais recente “obra” do Uwe Boll. Esse filme é baseado no jogo Dungeon Siege da Microsoft. Consegue ser o “menos pior” de todos os filmes dele. Até dá pra assistir. Será lançada uma edição em breve. Sem informações no momento quanto aos extras ou formato da tela.

  • Filme: 6
  • DVD: sem nota

21 ) Hitman (2008): Filmaaaaço!! Uma das melhores adaptações que vi até hoje (pau-a-pau com Silent Hill). Ação do início ao fim! Foi lançado em uma edição simples, com formato de tela Widescreen anamórfico e bons extras.

  • Filme: 10
  • DVD: 9

E vem aí mais algumas adaptações que vale a pena conferir:

  • Resident Evil: Degeneration – Direto para DVD. Parece que a série Resident Evil está se “degenerando” mesmo…
  • Max Payne – Pelo trailer parecia muito bom, mas as críticas recentes detonam o filme.
  • Far Cry (2009) – Mais um do Uwe Boll. Esse cara não cansa??
  • Castlevania (2009) – Família Belmont na área!!
  • Clock Tower (2009) – Parece que o ano que vem vai ser excelente.

Vida Longa e Próspera

4 Responsesto “DVDs de filmes baseados em Jogos Eletrônicos”

  1. edgarigor disse:

    Opa!
    Nerd, umas coisinhas:
    – Street acho que saiu agora em edição Dupla (!!!) e em BD.
    – Faltou King of Fighters e Tekken.

    • NerdMaster disse:

      Obrigado pelas informações ED, mas esse texto é da série "Baú do Nerd", ou seja são textos antigos que eu estou resgatando aos poucos.

      Este texto especificamente é do final de 2008. Naquela época o DVD de Street Fighter tinha saído simples e nem se falava de Blu-ray por aqui!

      Vida Longa e Próspera

  2. Xiko do Couto disse:

    Eu gostei muito de DOA, doa a quem doer(foi péssima, eu sei). Quem quer saber de história com mulheres gostosas se pegando(leia-se lutando)?

  3. Eu gosto muito mais do André do que da Mãe Andrea”

Leave a Reply

'