Glossário de Termos Colecionistas

Exte texto foi originalmente publicado em 14 de Abril de 2010, no Blog do Jotacê em sua categoria “Colecionador Novato” onde eu dava dicas para aqueles que estão se iniciando na vida de Colecionadores!

Apreciem:

Saudações curiosos leitores!

Em mais um post da série “Colecionador Novato”, trago até vocês hoje um pequeno glossário com os termos e expressões que vocês lêem várias vezes, aqui no Blog do Jotacê. Espero que este post possa tirar todas as dúvidas que vocês tenham.

Amaray (Keepcase): É um dos tipos de estojo para DVDs[bb]. É o estojo mais comum, porém o “verdadeiro” Amaray (rijo, sem buraco cata-pó) está ficando cada vez mais raro. Você pode ver uma descrição completa, em vídeo, dos tipos de embalagens para os DVDs[bb] e Blu-rays[bb] neste post, feito pelo Jotacê.

Amaray Dubois, Amaray Molengo, Amaury: Outro tipo de estojo para DVDs. A palavra Dubois se refere a empresa que desenvolve este tipo de estojo. É muito parecido com o Amaray, porém é feito de um material muito mais “molengo” e com aparência de pouca qualidade. Os estojos mais vagabundos, normalmente usados em “DVDs de Banca” são apelidados de Amaury.

AWM: Marca da AdvalTech[bb], empresa da Suíça que produz estojos para a Arvato/Sonopress[bb] e que são encontrados nos animados da Disney[bb]. Ele tem quase a mesma rigidez do estojo Amaray (Keepcase) e uma trava central mais dura que o normal.

Blu-ray:[bb] também conhecido como BD (de Blu-ray Disc) é um formato de disco óptico da nova geração (igual ao CD e ao DVD) para vídeo de alta definição e armazenamento de dados de alta densidade. Um disco de Blu-ray só pode ser lido em um aparelho próprio para isso como o PlayStation 3[bb] ou os Blu-ray Players[bb].

Box: É o nome dado a qualquer coletânea de DVDs ou Blu-rays com mais de dois discos e que venha envolvida por uma luva/caixa. Séries de TV[bb] são normalmente vendidas nesse formato.

Digiduplo: É um tipo de embalagem de DVD e Bluray que se assemelha muito com o Digipak[bb]. a única diferença entre os dois é que cada bandeja possui duas travas o que faz com que os discos fiquem sobrepostos ao serem guardados.

Digipak: Tipo especial de embalagem para DVDs e Blu-rays. É aquela embalagem que abre como se fosse um “folder”, desdobrando-se as bandejas do estojo, como se abrisse um tapete. É uma das embalagens favoritas dos colecionadores, devido ao valor que dá à coleção.

Digipak de Blu-ray: É a embalagem Digipak especialmente feita para os Blu-rays. A principal diferença é o tamanho dos estojos, ligeiramente menor no caso do Digipak de Blu-ray.

Digipobre: É uma versão mais recente e “piorada” do Digipak. Tal qual ele os discos ficam dispostos em forma de folder, porém não em bandejas plásticas e sim em “bolsos” no próprio papelão da embalagem, deixando os discos meio soltos.

Digistak: Outro tipo de embalagem muito apreciada pelos colecionadores, o Digistak é produzido com a mesma tecnologia do Digipak. A única difrença entre os dois é a forma de abertura dos estojos, que no caso do Digistak, são abertos como num livro, sendo cada bandeja como se fossem as páginas.

DVD: É um disco ótico de armazenamento digital, superior ao CD, mas inferior ao Blu-ray. DVD é um sigla que significa Digital Video Disc ou Digital Versatile Disc, em português, Disco Digital de Vídeo ou Disco Digital Versátil. Foi criado em 1997 por um consórcio de empresas como a Philips[bb], a Sony[bb] e a Toshiba[bb].

Falsipak: Como o nome sugere, o Falsipak é um estojo que imita um Digipak, porém com uma qualidade muito inferior. uma das principais reclamações dos proprietários de DVDs neste tipo de embalagem é que os discos se soltam muito facilmente das travas.

Full Screen: É um dos três formatos de tela em que um filme pode ser gravado em um DVD ou Blu-ray. O nome Full Screen (que em português significa Tela Cheia) vem do fato de que o filme é adaptado para que sua imagem ocupe 100% da tela da TV. Só que para realizar essa adaptação, normalmente as produtoras cortam parte da tela original do filme. Daí vem a expressão que os colecionadores utilizam, de que o filme está mutilado.

HD Case: É mais um tipo de estojo. É o estojo exclusivo dos Blu-rays. É meno que um estojo normal de DVD e (quase sempre) é feito em um acrílico/plástico translúcido azul.

HD Case Slim: É a versão mais fina do estojo HD Case dos Blu-rays. É quase tão odiado quanto a versão Slim dos DVDs.

Letterbox: É um dos três formatos de tela em que um filme pode ser gravado em um DVD ou Blu-ray. O nome Letterbox (que em português significa Caixa do Correio) vem do fato que o filme é ajustado para manter o seu aspecto original através da utilização de trajas pretas em cima e embaixo do filme, diminuindo a visibilidade do mesmo em TVs pequenas. Nas primeiras versões desse formato, dizia-se que era como se olhassemos a tela da TV através do buraco de uma caixa de correio.

Luva: É a sobrecapa que protege o estojo de um DVD ou Blu-ray. Além do aspecto proteção, a luva é um item muito bem quisto pelos colecionadores por agregar valor ao objeto da coleção.

Rental: Prática de mercado, feita aqui no Brasil por várias produtoras e distribuidoras, como a Fox[bb], na qual lança-se o DVD de um filme primeiramente nas locadoras para depois lançar no mercado de vendas. As edições Rental podem ser idênticas às edições que serão depois comercializadas, mas há vários casos de versões com imagem mutilada, sem extras e com qualidade piorada.

Scanavo: É um tipo de estojo. Neste modelo, os DVDs ficam sobrepostos, presos em travas que literalmente TRAVAM os discos, ao ponto de curvar os DVDs ao tentar soltá-los. É um dos estojos mais odiados pelos colecionadores.

Slim: Falando em estojos odiados, não poderia faltar o Slim. É um estojo cuja lombada é reduzida em quase metade de seu tamanho normal. É tão reduzida que torna difícil enxergar o título do filme ao colocá-la na estante.

Snapcase: É um antigo tipo de estojo para DVDs que a Warner[bb] usava em suas edições Sell-thru. Consistia em uma embalagem de papelão presa a uma trava de plástico. Atualmetne não são mais fabricadas, devido ao alto custo e as reclamações dos clientes quanto a falta de resistência.

SteelBook: Segundo o Jotacê: “É o mais lindo tipo de estojo para DVDs e Blu-rays”. Consiste num estojo de metal rijo com um bandeja, tipo Digipak, que resulta num dos mais colecionáveis estojos da coleção de qualquer cinéfilo.

Sell-thru: É a segunda parte da prática de mercado Rental, já discutida aqui. É a versão do DVD de um filme lançada para o mercado de venda direta ao consumidor. Como é lançada depois da versão Rental, é comum que a versão Sell-thru seja mais caprichada com extras ou o formato correto do aspecto de vídeo do filme.

Widescreen: É o terceiro e último formato de tela dos filme em DVD e Blu-ray. Neste formato (na maioria das vezes) respeita-se o aspecto original do filme, porém as tarjas pretas que ajustam a tela pode ser reduzidas ou até mesmo removidas através da deformação da imagem. Esse processo é conhecido como Widescreen anamórfico. Para TVs grandes e em formato widescreen é o formato ideal pois o filme ocupará 100% da tela se perder nada da tela original.

Bom, espero que este glossário ajude os colecionadores novatos a entenderem melhor o papo dos “veteranos”, tanto no blog quanto nos Jotacasts.

Você tem algum termo que não está nesse glossário e gostaria de perguntar ou contribuir? Utilize os comentários para tirar a sua dúvida ou ajudar outro colega colecionador.

Vida Longa e Próspera

6 Responsesto “Glossário de Termos Colecionistas”

  1. HQ-Man disse:

    "Amaury Dubois" é um puta nome prum personagem malandro, hein?

  2. Dazan_Tiga disse:

    Valeu Alexandre!!
    Só uma dúvida: aquele maravilhoso box Alien em dvd que nós temos com 9 discos é Falsipak ou digistak? Ele abre com um livro porém solta os discos fácil "que é uma beleza".

    Abração

  3. P4QDERM3 disse:

    Sem puxar o saco, foi esclarecedor. Valew NerdMaster!

Leave a Reply