Gamer Vergonha Alheia Extreme

<vivacqua>Olá meu querido amigos pixelados!</vivacqua>

Devia ser uma e meia da manhã quando me deparei com esse video. Realmente vi que sou um cara normal mesmo!

Tudo bem fazer como o pessoal do MRG fala que é “jogar no mundinho”, mas isso aí é uma palhaçada fortíssima! Se ele estivesse em casa (não duvido que ele ache isso daquele fliperama) aí até vai brincar um pouco, mas fazer isso NA RUA! O efeito do remédio deve ter ido embora faz tempo!

São treze minutos de pura vergoinha!

abração!!

NERDS ROCK! NERDS RULEZ!

10 Responsesto “Gamer Vergonha Alheia Extreme”

  1. Wesley Pires disse:

    Vergonha alheia para você, devo afirmar. Eu não teria o menor problema em jogar assim. Assim como nao tenho vergolha para dançar Pump It Up no shopps

  2. Drugue disse:

    Se o intuito do Arcade for exatamente esse, ou seja, se você realmente tivesse que fazer toda esse encenação pra jogar eu acho que seria bem interessante e sinceramente não teria nenhuma vergonha alheia em jogá-lo, até mesmo já joguei um game que que você controla uma turret e com um óculos precisa ficar girando para encontrar os inimigos do cenário e vou te falar que é bem divertido ver o pessoal em volta falando que você é maluco e que está de costas pra tela sendo que na verdade a tela só exibe pro povo o que você esta vendo no óculos, mas acredito sinceramente que o jogo mostrado no vídeo não exija toda essa performance e que o rapaz realmente precise dar uma conferida na receita de seus medicamentos para garantir a sanidade não só dele mas como de todos os que estão a sua volta.

    • P4QDERM3 disse:

      Lembro que quando era criança fui numa feira de tecnologia e jogos num shopping, e joguei Quake com um capacete gigante que tinha o mesmo principio. Tinha que virar a cabeça pra olhar em volta, ficava com uma bolinha na mão com uns botões para atirar, pular, abaixar e tal. Lembro também que o capacete tinha um som stereo foda, dava pra ouvir certinho os caras chegando ou de onde vinha qualquer outro barulhinho. Qualquer explosão era um susto e um pulo que eu dava, meu pai se borrava de rir assistindo.
      Qualquer um que jogava aquilo era hilário, mas o uso daquele equipamento era mesmo fazer você se sentir no jogo, mas esse cara aí é realmente dodói da ideia!

      • Drugue disse:

        A ideia é exatamente essa, o jogo que eu joguei se não me engano tinha Incoming e mais uns dois de 2º guerra mundial. Mas era nesse esquema mesmo, com um som estéreo de você sair meio surdo e tomar um mega susto quando alguém finalmente te acertava. Era muito foda ficar aqueles minutinhos no mundinho do jogo…rs

  3. P4QDERM3 disse:

    Jogar Pump It Up no shopping é esperado que vc dance, mesmo com a galera olhando. Jogar um rail shooter assim, é muita falta de noção! Já joguei muito Time Crisis 2, House of the Dead, o finado Virtual Cop e sem contar um toscão que era tipo um filme de bang-bang. O Time Crisis 2 se estivesse jogando com os amigos aí era zoação pura, tapa na arma do cara, pisa no pedal do outro e por aí vai, mas ISSO AÍ É MUITA VERGOINHA COM COBERTURA DE FALTA DE NOÇÃO !

  4. Muito idiota. Precisa tomar psicotrópicos. rs.

  5. fabianoloureiro disse:

    eu curti tambem a encenação do japa, queria ter essa desinvoltura, o cara alem de fazer todos os movimentos como se fosse o personagem, ele ainda decorou o jogo TODO!!!

    • P4QDERM3 disse:

      perae…. desenvoltura = noção zero? esse tailandês acha que tem awesomeness de sobra tem faltando uns remedinhos controlados!
      O cara mandou muito bem NO jogo, colocou o score lá em cima, realmente decorou todo o jogo, de onde os inimigos iriam sair e tals, mas a encenação era completamente desnecessária! eheheh
      Se estivesse em casa, tava tudo tranq vc ta jogando no conforto do lar, se alguém vê isso FODA-SE, MAS O MALUCO TAVA FOREVER ALONE JOGANDO AWESOMENESS STYLE! TA DE SACANAGEM NÉ! e no fim ainda agradece para a camera! Muito nonsense! aeuHUEHaeuhAEUaheuhaEUHa

  6. Xiko do Couto disse:

    Como tem gente perturbada nesse mundo de meu (insira aqui a entidade de sua preferência)! Mas uma coisa que meu irmão Leandro disse é verdade, "a mulecada vai querer jogar esse jogo quando ver esse maluco jogando".

Leave a Reply

'